"Olhe nos meus olhos!
Dizem que: o que olhos não vêm coração não sente,
mas os olhos são o espelho da alma...

Os olhos ensinam o que se sente por dentro: 
brilho de quem ama a sorrir, 
tristeza da alma a chorar...

Cansei de ter os olhos que choram a saudade, a ausência...
Quero olhos que tenham o brilho inocente e 
um eterno encantamento de quem vê em tudo uma novidade..."

Regina Aristides

O Espelho Alma reflete o usuário de uma forma positiva, lúdica e mística, o encontro de si mesmo além da aparência e ver-se profundamente, um autoconhecer.  A peça é composta por uma estrutura executada artesanalmente em latão polido envernizado com espelho prata ou bronze 4mm lapidado.

Balneário Camboriú, 2016.

Produto a venda no portal Boobam, e em São Paulo na Galeria Nacional